Zoo Berlin

Zoo Berlin

Tem passeios que se você não faz logo que muda para uma cidade, provavelmente não fará mais.

Eu não tenho filhos então, nunca tive a menor vontade de passear pelo zoológico de Berlin. 

Até porque, são os mesmos animais que você encontra em qualquer episódio da Discovery Chanel e também porque, eu tenho dó dos bichanos presos numa jaula.

Ok, eu tenho sobrinhas pequenas e que ainda não conhecem todos os animais e poderia levá-las mas, eu tenho um trauma com esses passeios caros + crianças = desperdício.

Elas ainda não entendem que se você pagou para 3 crianças e dois adultos (lógico que eu arrasto o titio junto), não faz sentido passar pouco tempo no local. 

Eu tenho todas as provas que levar crianças em passeios longos não vale a pena!

Faz um tempo que os titios (a Bah sim!) tiveram a brilhante idéia de levar suas sobrinhas para o Legoland; pagamos 36 euros por criança e mais 40,50 por adulto. Ficamos 1 hora contando o tempo no banheiro, tempo na fila, tempo da birra, tempo de entupir as crianças de doce e se arrepender depois.

“É muito chato”, “eu estou cansada”, “eu estou com fome”, “eu quero ir embora” foram só algumas das reclamações que ouvimos durante todo o tempo que passamos no lugar.

Agora imagine, o titio é pão duro, a titia é pão dura por osmose e sem paciência resultado: só levo agora em passeios de graça ou ao cinema porque, elas ficam iguais zumbis olhando pro telão.

Me julguem!

Pois é, mas eu acabei indo para o Zoo. Dois amigos estavam de visita e queriam conhecer então, pensei: – vai! Eles são adultos, vacinados, você conhecerá um lugar diferente. Faz a turista, tira umas fotos e arrasa!

E agora eu tenho conteúdo para um texto 😀

O Zoológico de Berlin foi fundado em 1844 e era o primeiro da Alemanha.

zoo berlin - Barbara Poplade Schmalz©

Se você tem curiosidade em conhecer, fique sabendo que há duas entradas. Uma fica bem perto da estação Zoologischer Garten e eu não recomendo! Essa entrada está sempre com filas gigantescas pois, vários ônibus, o metrô e diversos trens chegam ali cheios de turistas que vão direto para essa fila.

Existe uma outra na direção do Shopping Bikini Berlin, uns 10 minutos de caminhada e normalmente está mais vazia.

Leve um lanche! Como é de se esperar, tudo dentro do zoo é caro. Tá, não é suuuuper caro. Berlin é sempre mais barata que qualquer outra cidade européia, mas os restaurantes não tem plaquinha em inglês. Agora imagina o mal humor da fome em conjunto com placas em alemão, coisa boa que não é.

Você pode comprar o ticket só do Zoológico ou um combo para ver o aquário.  O prazo do ingresso é bem longo, se não me engano, dois anos. Aliás, é bem mais barato (cerca de 15 euros) e mais útil que o Legoland!

Eu achei o viveiro dos pássaros super interessante. Alguns são grandes, você entra e os passarinhos ficam voando “livremente” enquanto você caminha.

Eu adoooooro ursos polares e gorilas e foi incrível ver tão de perto. 

urso polar zoo belin - Barbara Poplade©

Fiquei com dó do gorila 🙁 

Ele encarava as pessoas como quem sabe que isso está muito errado! Se você nunca viu um gorila te encarar, saiba que o olhar dele é muito parecido com o de uma pessoa (porque será né? Dãrrrrr).

gorila zoo berlin - Barbara Poplade Schmalz©

A parte ruim desse Zoo é que muitas placas informativas estão apenas em alemão. Não dá pra entender como um lugar tão famoso e tão visitado por turistas de todos os lugares possíveis e imagináveis desse planeta, não se preocupa em colocar as informações dos animais pelo menos em inglês.

Ah! Teve mais um bicho que me impressionou! Eu acho que já tinha visto um rinoceronte de perto quando criança… 

Alguém sabe se no Zoo de São Paulo tem? Enfim, entramos numa área coberta onde provavelmente os rinocerontes ficam no inverno e, para a nossa surpresa, tinha um exemplar enoooooooorme lá dentro. 

É incrível o tamanho do bicho, o formato de cada parte do corpo, uma oportunidade única! Estávamos tão perto dele que até comentamos; se ele desse uns 5 minutos e resolvesse sair em disparada, não demorava muito para pular pro nosso lado. 

rinoceronte zoo berlin - Barbara Poplade Schmalz©

Não pagamos para o aquário. Sabe como é né? Pra quê ver peixe? (risos).

Foram quatro horas rodando cada pedacinho do lugar e posso dizer que valeu muito a pena. Mas, o mundo dá voltas e no final do passeio quem estava reclamando por dentro de cansaço, fome e dor nas pernas era eu.

Larguei meus amigos passeando por Berlin – sim, se você souber inglês, for descolado e vir me visitar pela segunda vez, eu vou te dar a chave da minha casa, um beijo, outro e tchau! – e voltei para o meu humilde lar implorando por uma massagem nos meus pés, coitadinhos… Dos pés! 😀

Obs: Esqueci de falar que tem uma temporada de visitas noturnas! Quando? Procura no site porque, eu não sei e não sou funcionária deles 😛

3 comments on “Zoo BerlinAdd yours →

  1. hahaha, Bah, só vc mesmo. Mas sabe que o Zoo aqui fica exatamente na direção da minha casa, 2 km de caminhada até o portão principal… e, adivinha??? Nunca fui….kkkkk
    Mas quem sabe um dia recebo hóspedes e vou até lá, né?
    Beijo grande.

    1. hihihihihi valeu Christine 😀
      hahahaha torce pra uma visita que gosta de animais porque, funciona!
      Eu acho que você é a única que conseguiu eu achar onde coloca comentários nesse layout! Até eu demorei para encontrar hahaha

      Beijão!

Comentar